Mudar site para idioma português Mudar site para idioma inglês Mudar site para idioma espanhol

Português

Informativos

  • HOME
  • - INFORMATIVOS

28052013

China: importações crescem após casos de arroz contaminado

 Em abril, o Conselho Internacional de Grãos (IGC) já havia elevado em 16% sua estimativa de importações de arroz pela China neste ano, para 2,2 milhões de toneladas

As exportações de arroz de Vietnã e Tailândia para a China devem se manter em bons volumes enquanto testes feitos com o produto chinês continuarem apontando presença do metal cádmio. A demanda pelo cereal permanece estável mesmo com problemas de contaminação, diferente do que ocorre com carnes, que registram queda de consumo. Outro país que tende a ser beneficiado pelo problema chinês é o Paquistão. Já a Índia, o maior exportador mundial de arroz, não deve registrar aumento significativo de vendas para a China.

O governo chinês tem dúvidas quanto à qualidade do produto indiano e, por isso, limita as compras. No último fim de semana, foram descobertos lotes de arroz contaminados com cádmio nos mercados de Guangzhou. O cereal era proveniente da província de Hunan, a maior produtora do grão no país. Em abril, o Conselho Internacional de Grãos (IGC) já havia elevado em 16% sua estimativa de importações de arroz pela China neste ano, para 2,2 milhões de toneladas.

Cadastre-se e receba nossos informativos em seu email.

Associação Brasileira das Indústrias de Arroz Parboilizado – ABIAP
Rua Chaves Barcelos, 36/605 – Fone: (51) 3227-2366 | CEP: 90.030-120 – Porto Alegre - RS